Dia da Ordem DeMolay é comemorado hoje em todo o país

18/03/2021

A Ordem DeMolay, maior organização fraterna juvenil do mundo, apoiada desde a sua fundação pela Maçonaria, foi criada no ano de 1919, fruto da interação entre um homem e um jovem rapaz que se conheceram em um momento de grande adversidade. 

Narra a história que, em janeiro de 1919, Frank Sherman Land, que viria a ser o seu fundador, recebeu uma ligação de um Maçom chamado Sam Freet, o qual lhe pediu que recebesse, como pupilo, um jovem órfão de pai que precisava de um emprego de meio expediente e alguma orientação. O moço em questão, Louis Gordon Lower, tinha 17 anos e ajudava a mãe a manter a família depois da partida do pai, Elmer Lower, que, assim como Freet e Land, era membro da Loja Ivanhoe.

Ao aceitar receber o jovem Louis, a interação entre os dois foi imediata e excelente, tanto que Land, que não era tão mais jovem que o pupilo, deu a ideia de juntarem mais jovens e, assim, reunirem-se em um grupo. O jovem, então, atendeu ao chamado, trazendo mais oito jovens: Ralph Sewell, Elmer Dorsey, Edmund Marshall, Jerome Jacobson, William Steinhilber, Ivan Bentley, Gorman McBride, and Clyde Stream. Ao receber estes jovens, Land sugeriu a criação de um clube no qual eles pudessem se reunir e realizar atividades saudáveis, organizadas e sob a supervisão de um adulto. A ideia foi aceita de pronto.

Era uma época de pós-guerra, e muitos jovens que haviam perdido os pais para a Primeira Guerra Mundial precisavam de um modelo masculino e uma referência paterna, que pôde ser preenchida com o cuidado e amor praticamente paternal foi oferecido pelos adultos que se juntaram a Land para cuidar daqueles jovens.

O passo seguinte foi escolher um nome para o clube. Vários nomes foram citados e nenhum agradava aos rapazes, até que um deles sugeriu que, por estarem em um local de reuniões da Maçonaria, seria adequado e justo que utilizassem o nome de alguém ligado à Ordem. Assim, entre outros nomes, foi sugerido o de Jacques de Molay, cavaleiro francês da Idade Média cuja história exemplificou a fidelidade e a lealdade, porquanto ofereceu sua vida para preservar seus companheiros da morte certa.

Jacques de Molay nasceu no Sul da França, em 1244. Ao completar 21 anos, entrou para a Ordem Monástico-militar dos Pobres Soldados de Cristo e do Templo de Salomão, organização que recebeu a sanção papal em 1128 com o intuito de fazer a proteção dos caminhos da Terra Santa. Em 1298, de Molay subiu ao posto de Grão-Mestre da Ordem do Templo. Ocorre que, em 13 de outubro de 1314, uma sexta-feira, o então Primeiro-Ministro Francês, Guillaume de Nogaret, ordenou, sob a acusação de heresia e traição, a prisão de Jacques DeMolay e de todos os Templários que fossem encontrados. Ao negar as acusações e se recusar a entregar seus companheiros, de Molay teve de enfrentar a fogueira, o que aconteceu no dia 18 de março de 1314, em frente à Catedral de Notre Dame, em Paris.

A chegada da Ordem DeMolay no Brasil deu-se em agosto de 1980, com a instalação do Capítulo Rio de Janeiro – n.º 001, o primeiro da América do Sul. Em Mato Grosso, o Grande Conselho Estadual – n.° 3 da Ordem DeMolay de Mato Grosso (GCEMT) foi fundado em 12 de novembro de 2004.

Embora a Ordem DeMolay tenha sido fundada em outra data do ano de 1919, escolheu-se, para comemoração, o dia 18 de março, dia da execução de Jacques de Molay.

(ASCOM)

Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 25/06/2021 00:53