GRÃO-MESTRES PROCLAMAM RECONHECIMENTO E AMIZADE FRATERNA

06/06/2013

De acordo com os princípios fundamentais da Maçonaria, que são o Amor Fraterno, o Auxílio Mútuo e a Verdade, o Sereníssimo Grão-Mestre, Teko A. Foly, e o Soberano Grão Mestre, José Simioni, no espírito da fraternidade universal, proclamaram e fizeram saber “que existe total Reconhecimento e Amizade Fraterna entre a Grande Loja do Distrito de Columbia de Maçons Livres Antigos e Aceitos - Washington D.C. e o Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (Cuiabá-MT)”. A proclamação do Reconhecimento e Amizade Fraterna foi feita no dia 30 de maio de 2013, às 21h00, após a Sessão Magna de Iniciação ao Shrine Brasil Central, no Piso Beleza do GOEMT, em Cuiabá (MT). Com isso, os Grão-Mestres concederam aos seus respectivos obreiros, direitos de visitação em suas Grandes Assembleias e Lojas constituídas, seja onde e quando estiverem reunidas, sem prejuízo aos direitos, poderes e autoridade dos respectivos Grão-Mestres e Veneráveis Mestres de presidirem suas respectivas Potências e Lojas constituídas. As tratativas para o Reconhecimento e Amizade Fraterna começaram no dia 16 de agosto de 2012, quando o Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso requisitou reconhecimento da Grande Loja do Distrito de Columbia de Maçons Livres Antigos e Aceitos. No dia 17 de novembro do mesmo ano, a Grande Loja do Distrito de Columbia decidiu, em Assembleia Geral, pelo reconhecimento do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso. Subentendendo-se à independência e soberania de cada Potência, encontra-se esse mútuo reconhecimento sujeito às regras e políticas individuais de cada uma dessas Potências, todas compatíveis e reafirmadas por esse reconhecimento fraterno mútuo. Como testemunhas os Sereníssimos Grão-Mestres Teko A. Foly e o Soberano Grão Mestre José Simioni, cravaram seus nomes nessa proclamação. A Comitiva capitaneada pelo Grão-Mestre Mr. Teko Foly, da Grande Loja do Distrito da Columbia - Washington D.C. contou com a presença de sua esposa a Sraª Josephine Foly, Hector Massiotti e Alberto Caneto, Grande Inspetor Geral do Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA). TEKO A. FOLY: RECONHECIMENTO É COMEÇO DE UM GRANDE TRABALHO “Estou tentando achar as palavras para expressar os meus sentimentos nessa noite. Estou pensando que isso é um sonho, mas eu não estou sonhando!”. A afirmação foi feita pelo Sereníssimo Grão-Mestre da Grande Loja do Distrito de Columbia de Maçons Livres Antigos e Aceitos – Washington D.C., Mister Teko A. Foly, ao assinar o Reconhecimento e Amizade Fraterna com o Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOEMT), no dia 30 de maio de 2013, durante o Encontro Internacional Shriner em Cuiabá. O Grão-Mestre americano disse que já testemunhou muitos reconhecimentos, mas que tem absoluta certeza de que “nenhum foi igual ao que testemunhei hoje, aqui, em Cuiabá”. E prosseguiu: “aqui está a principal razão porque estou dizendo isso, pois estamos assinando esse tratado não só para construir uma ponte, mas sim um edifício social muito bonito”. Ele observou que “99% dos reconhecimentos são feitos porque alguma Grande Loja ou algum Grão-Mestre diz ‘eu gosto de você’. Mas o principal motivo que nos levou a fazer isso aqui é que queremos trabalhar juntos”. Segundo ele, “o maior crédito vai para os nobres que estão aqui e aos que não estão presentes que trabalharam para que esse evento se tornasse realidade”. - Mas confesso que, num primeiro momento, quando o pleito do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso chegou ao nosso conhecimento, estávamos com muitas dúvidas. Cépticos a respeito. E agora, que isso está acontecendo, dessa forma, estou muito feliz por termos prosseguido nesse caminho. O Sereníssimo Grão-Mestre americano disse que a Maçonaria é feita de ferramentas que devem ser usadas para construir. “E como estamos construindo, precisamos decidir o que vamos deixar para depois, somente um souvenir, apenas uma coisa pequena, ou realmente a nossa marca?”. Ele observou que tem um rumor (sic) no Brasil todo de que alguma coisa grande vai acontecer aqui proximamente. “E se eu não puder testemunhar isso que vai acontecer vou me arrepender profundamente, para sempre”. Tek A. Foly ofereceu a todos os irmãos o suporte da Grande Loja do Distrito de Columbia – Washington D.C., afirmando querer continuar construindo juntos, mais e mais. “Levo grandes sentimentos e vou transmiti-los aos irmãos americanos, que vocês gostam e amam, também. Estou consciente de que vocês sabem que isso é apenas o começo de um grande e harmonioso relacionamento, e uma prova de que a Maçonaria universal mantem-se unida e vem cumprindo a sua missão. E isso nos deixa muito feliz. O Grão-Mestre destacou a importância do evento, observando que o reconhecimento é o começo de um trabalho em equipe, especialmente, porque os Shriners estão realizando ações de grande alcance social de atendimento às crianças. “Estou muito feliz porque os americanos e brasileiros estão juntos. Estou olhando para o futuro e as coisas vão acontecer daqui para frente, principalmente, com o Shriers Hospital que vai ser edificado aqui e com o Almas Shriners que vai trabalhar junto com vocês”. Ao finalizar, ele agradeceu, inicialmente, “às distintas delegações que vieram dos Estados Unidos, pois metade dos elogios é para ela; e a outra metade é para vocês. Meu desejo é que assim como a Grande Loja do Distrito de Columbia, todas as Grandes Lojas dos Estados Unidos estejam dispostas a trabalhar com vocês, e como resultado que fique mais fácil para que as três Potências possam trabalhar ainda mais unidas do que já estão nesse momento”. JOSÉ SIMIONI: “EM MATO GROSSO A MAÇONARIA TRABALHA UNIDA” O Soberano Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso, José Simioni, definiu o evento como “uma noite extremamente memorável, pois hoje se concretiza o nosso reconhecimento, que devemos, também, por força dos irmãos da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso e do Grande Oriente do Brasil Mato Grosso, que contribuíram para que chegássemos a esse momento”. Segundo ele, ficou evidente que o ponto de união para que isso acontecesse foi a Sublime Ordem para-maçônica Shriner. “Em Mato Grosso a Maçonaria trabalha unida, tanto que fundamos uma Loja capitular para comemorar o Dia do Maçom. Nessa data, os três Grão-Mestres são as Luzes dessa Loja que funciona em sistema rotativo, numa demonstração para a comunidade maçônica mato-grossense de quanto a Fraternidade maçônica está presente, cuja união oportuniza o fortalecimento dessa nobre Instituição Shriner”. O Soberano reafirmou que “a Maçonaria Unida Mato-grossense vem trabalhando para a efetivação de tudo o que nos propusemos realizar, cujos objetivos comoveram cada um de nossos membros que estão dispostos a somar. Portanto, queremos registrar todo o nosso reconhecimento à Grande Loja do Distrito de Columbia de Maçons Livres Antigos e Aceitos por essa oportunidade que nos concede de efetivarmos de maneira clara e concreta a extensão de nossa Fraternidade”. O reconhecimento do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso também se manifestou com a condecoração dos irmãos Genilto Nogueira, presidente do Shrine Brasil Central; Mister Jim R. Smith, representante do Potentado Imperial de Tampa, Estado da Flórida (EUA); e Teko A. Foly, Sereníssimo Grão-Mestre da Grande Loja do Distrito de Columbia – Washington D.C.
Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 04/12/2022 15:34