GRÃO-MESTRADO VISITA ACÁCIA DE SAPEZAL E SENTINELA DO PARECIS

15/02/2013

Acompanhado do Sereníssimo Grão-Mestre Adjunto, irmão Ivo Cuiabano Scaff, e do irmão Valmor Nazareno Faé, o Soberano Grão-Mestre do Grande Oriente do estado de Mato grosso (GOEMT), irmão José Simioni, visitou, nos dias 06 e 07 de fevereiro de 2013, as Lojas Simbólicas Acácia de Sapezal (Oriente de Sapezal) e Sentinela do Parecis (Oriente de Comodoro). Na Acácia de Sapezal, a comitiva participou de uma reunião administrativa, que oportunizou a participação direta dos irmãos com perguntas e respostas acerca dos assuntos colocados pelo Soberano Grão-Mestre. Na Sentinela do Parecis, a comitiva participou de uma Sessão Econômica, onde a Ordem do Dia foi destinada à palavra do Grão-Mestre, irmão José Simioni, que destacou a importância do trabalho das oficinas em torno da formação do homem maçom. “O Grande Oriente tem levado subsídios para a que as oficinas reforcem, ao máximo, as instruções dos obreiros nos três graus da Maçonaria Simbólicas”, disse o Grão-Mestre. Ele observou, no entanto, que existe certa carência de material humano. Para reverter essa situação, o GOEMT programou para 2013 reuniões setoriais com as Lojas das oito Regiões Administrativas. “Essas reuniões substituem os seminários mensais que realizamos no ano passado e vão facilitar a presença dos irmãos”, pontuou. Nas duas oficinas maçônicas, o Grão-Mestre Adjunto, irmão Ivo Cuiabano Scaff, falou sobre os objetivos gerais da Maçonaria, enfocando, principalmente, ritualística e liturgia dentro da “maior escola de ética do mudo”. Segundo ele, as ações maçônicas são feitas pelas Augustas e Respeitáveis Lojas Simbólicas, por meio de seus obreiros, pelo exemplo e pela palavra. Quanto às ações sociais, a Maçonaria incentiva e apoia as que são dirigidas às instituições filantrópicas e famílias em situação de vulnerabilidade social.
Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 04/12/2022 15:58