SECRETÁRIO DETALHA PROJETOS DA COPA E BUSCA APOIO DA MAÇONARIA

24/01/2013

A Maçonaria Unida Mato-grossense está empenhada em ajudar o governo do Estado a preparar a cidade para a Copa 2014. Nessa quarta-feira, às 14h00, na sede da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), os Grão-Mestres, irmãos José Simioni (Grande Oriente do Estado de Mato Grosso), Jurandir da Silva Vieira (Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso), Júlio Tardin (Grande Oriente do Brasil Mato Grosso) e o Grão-Mestre Adjunto do GOEMT, irmão Ivo Cuiabano Scaff, ouviram do secretário Maurício Guimarães os detalhes dos projetos em andamento ligados ao Mundial. Maurício Guimarães fez uma síntese das intervenções de mobilidade urbana, como o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai redesenhar o trânsito da capital. Ele falou das obras de travessia urbana, que estão dentro do cronograma previsto, citando as trincheiras ao longo da avenida Miguel Sutil (Verdão e Santa Rosa), que ajudarão no reordenamento do tráfego garantindo um fluxo melhor de carros, ônibus e caminhões, além de aumentar a segurança do trânsito. Citou a Trincheira Jurumirim/Trabalhadores, o viaduto do Despraiado, o viaduto da Ponte Nova e complexo viário do Tijucal. O secretário falou ainda das obras de desbloqueio para criar alternativas de trânsito durante a execução das grandes obras de mobilidade urbana, como o VLT. Sobre as malhas viárias que vêm sendo utilizadas como vias alternativas, o secretário anunciou que o governo esta fazendo licitação de massa asfáltica para recuperar todos os trechos que estão com problemas, tanto em Cuiabá como em Várzea Grande. O Grão-Mestre do GOEMT, irmão José Simioni, disse que a reunião foi bastante proveitosa, tendo o secretário feito uma bela exposição das ações do governo concernente às obras da Copa 2014, que estão em andamento. “Além de nos ouvir, ele viu a necessidade da Maçonaria contribuir com o governo no sentido de esclarecer à população sobre os grandes benefícios que essas obras trarão, uma vez que a sociedade bem informada população bem informada vai entender melhor esses entraves decorrentes da execução das obras”, afirmou. Diante das colocações do secretário, o Grão-Mestre, José Simioni, disse que a Maçonaria precisaria ser municiada de informações sobre a evolução das obras e de como a população deve agir diante das dificuldades temporárias. “Com todo o material disponível para informar adequadamente a nossa irmandade e como formadores de opinião que somos, estaremos contribuindo para esclarecer ainda mais a sociedade cuiabana e varzeagrandense”. Para o Grão-Mestre da GLEMT, irmão Jurandir da Silva Vieira, “a reunião foi muito importante, porque tivemos a possibilidade de esclarecer todas as duvidas com relação ao processo de execução das obras. Foi, realmente, uma apresentação muito boa, com prestação da evolução das obras, além da garantia de que tudo será entregue no tempo adequado e o mais importante, ter a convicção da seriedade com o que o governador Silval Barbosa vem realizando todos os projetos”. Diante disso – prossegue o Grão-Mestre da GLEMT – assumimos a condição de coparticipante desse grande projeto, uma vez que todo cidadão mato-grossense receberá uma carga de responsabilidade sobre isso e todos os benefícios que virão por conta de todos esses investimentos. Tivemos a oportunidade de ouvir da pessoa certa todos os esclarecimentos e que com certeza passaremos para frente as informações sobre a evolução dos trabalhos. O Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil Mato Grosso, irmão Julio Tardin, disse que a integração da Secretaria da Copa com a Maçonaria é de extrema importância para ajustes de oportunidades e negócios e turismo para a capital. “É importante para toda sociedade conhecer as oportunidades da Copa do Mundo 2014. Estamos aqui para ajudar a concretizar esse grandioso projeto”, afirmou o Grão-Mestre. Os três Grão-Mestres assumiram a responsabilidade dessa parceria deixando claro que o governo pode contar com o apoio da Maçonaria, porque, mais do que uma ação de governo, é um projeto que beneficia o Estado como um todo, principalmente, a Baixada Cuiabana. É uma oportunidade rara de investimentos extraordinários para o Estado e que está sendo muito bem conduzido pelo governador Silval Barbosa. O secretário Maurício Guimarães reafirmou que a parceria do governo do Estado com a Maçonaria é de fundamental importância para Mato Grosso, por ser uma instituição séria e respeitada, que tem muito a contribuir e levar as informações à sociedade, como formadora de opinião. “Vamos municia-la com todas as informações para que ela possa, dentro de seu ambiente, divulgar tudo aquilo que o Governo do Estado vem realizando” (Moises Portugal).
Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 19/09/2021 10:06