Uma comitiva do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOEMT), composta pelos irmãos José Simioni (Grão-Mestre), Ivo Cuiabano Scaff (Grão-Mestre Adjunto), Ananias Vieira da Silva (Delegado Litúrgico do REAA para Mato Grosso), Aroldo José de Barros (membro da Loja Filhos de Nazaré) e Moises Graciano Alves Portugal (membro da Loja 20 de Setembro), visitou a Loja Simbólica São João de Guiratinga, nº 03, no dia 18 de janeiro de 2012, onde realizou a primeira reunião administrativa nesse ano de 2013.

20/01/2013

Uma comitiva do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOEMT), composta pelos irmãos José Simioni (Grão-Mestre), Ivo Cuiabano Scaff (Grão-Mestre Adjunto), Ananias Vieira da Silva (Delegado Litúrgico do REAA para Mato Grosso), Aroldo José de Barros (membro da Loja Filhos de Nazaré) e Moises Graciano Alves Portugal (membro da Loja 20 de Setembro), visitou a Loja Simbólica São João de Guiratinga, nº 03, no dia 18 de janeiro de 2012, onde realizou a primeira reunião administrativa nesse ano de 2013. O Grão-Mestre falou das diversas atividades desenvolvidas pelo Grão-Mestrado em 2012, bem como pela Confederação Maçônica do Brasil, da qual é o Presidente. Ele reafirmou, com bastante ênfase, a necessidade do comprometimento do irmão com a própria formação e com a sua instituição, que é um dos objetivos da Administração Atitude Maçônica. Falou da mobilização das três Potencias contra a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 37, a chamada “PEC da Impunidade”, que visa restringir as investigações exclusivamente às policias. “A Maçonaria entende que esse projeto, se aprovado, vai beneficiar apenas corruptos e corruptores, porque a polícia não tem a necessária isenção para proceder as investigações. Ela não tem garantias constitucionais para bem desenvolver as investigações. - Essa mobilização constitui-se em um manifesto que vem sendo assinado pelos cidadãos mato-grossenses, assim como de outros estados, colhidos pelos nossos irmãos, e que queremos entregar, já em março, à presidência do Congresso Nacional. Dentre outros assuntos, informou aos obreiros que a Assembleia Geral da Grande Loja de Columbia, Washington DC, aprovou o reconhecimento internacional do Grande Oriente; e que o processo de filiação do GOEMT à Confederação Maçônica Interamericana está em fase final. O primeiro evento, fruto desse reconhecimento, foi a filiação de um grupo de Mestres Maçons ao Shrine Brasil Central, que vem trabalhando para a construção, em Cuiabá, do primeiro Hospital Shriner da América do Sul para atender crianças carentes. “Esse é um ponto muito positivo, pois vem ao encontro de nossos objetivos que é tornar feliz a humanidade”, disse o irmão José Simioni. O Grão-Mestre Adjunto, irmão Ivo Cuiabano Scaff, disse que a visita à Guiratinga foi extremamente proveitosa, pois, mesmo em recesso, a Loja conseguiu aglutinar 15 obreiros que receberam a comitiva em seu Templo para uma belíssima reunião, capitaneada pelo Venerável Mestre, Gilson Marcos. A opção do Grão-Mestrado por uma reunião administrativa, segundo o irmão Ivo Cuiabano Scaff, visa facilitar a discussão direta, sem a ritualística da circulação da palavra, transformando a reunião em um debate, proporcionando perguntas e respostas diretas dos irmãos. O irmão Ivo Cuiabano reportou sobre a criação de Lojas, sete em 2012, destacando a Loja Capitular da 1ª Região Administrativa, com objetivo de fazer a sessão de abertura e encerramento do ano, de forma que o Grande Oriente possa definir linhas comportamentais, objetivos e metas para o ano, e que as Lojas complementem com suas atividades peculiares, com base nos objetivos gerais da Potência. O Grão-Mestre Adjunto destacou a presença dos irmãos Jaci, Delegado da 3ª Região Administrativa (Rondonópolis), e do irmão Adegeerre, membro do Ilustre Conselho do GOEMT. O Delegado Litúrgico do Rito Escocês Antigo e Aceito para o Estado de Mato Grosso e membro do Supremo Conselho, irmão Ananias Vieira da Silva, na oportunidade representando o presidente do Supremo Conselho, irmão Wanderley Busnardo, fez uma síntese do trabalho dos Graus Superiores. “Incentivamos os irmãos da ARLS São João de Guiratinga a participarem da Maçonaria Filosófica, onde terão a oportunidade de fazer grandes progressos”. Ele colocou-se à disposição dos irmãos para a criação de um capitulo do Supremo Conselho na cidade. O irmão Ananias disse estar bastante satisfeito, porque viu contentamento e mujita vontade dos irmãos em crescer na Maçonaria. O Venerável Mestre, irmão Gilson Marcos Pereira, agradeceu a presença do Grão-Mestrado que em pleno recesso continua trabalhando trazendo a luz da Sabedoria. “Sem dúvida, o Grão-Mestre, irmão José Simioni, nos dá o exemplo de humildade, do que todo maçom deve ser. É a segunda vez que recebemos a visita de da comitiva do Grão-Mestrado, e estamos profundamente satisfeitos”. A ARLS São João de Guiratinga, fundada em 24 de maio de 1949, conta hoje com um quadro de 28 obreiros: três Aprendizes, 15 Mestres Instalados e 10 Eméritos. “É um quadro reduzido em número, mas de muita competência e participação, haja vista que hoje, em pleno recesso, conseguimos reunir mais de 50 por cento desse quadro”, disse o Venerável. Segundo o irmão Gilson Pereira, a Loja vem encontrando alguns problemas que dificultam a aquisição de novos obreiros, sendo o financeiro um dos maiores. “Temos pessoas com perfil maçônico, que poderiam ser iniciadas; mas aí entra a questão financeira, ou seja, pretendido não dispõe de condições financeiras para honrar os compromissos em Loja”. Por outro lado, o Venerável Mestre destacou a fraternidade que existe entre irmãos e a grande participação das cunhadas nas ações sociais como valores que mantêm a Loja.
Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 19/09/2021 11:05