PROJETO M + 1

24/10/2012

Venerável Mestre: A Confederação Maçônica do Brasil – COMAB, analisando o fato de as GRANDES LOJAS, filiadas à Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil – CMSB, possuirem 108.831 membros, o GRANDE ORIENTE DO BRASIL – GOB, contar com 81.277 membros e os Grandes Orientes Independentes filiados à Confederação Maçônica do Brasil – COMAB ter em seus quadros apenas 38.321 membros, tomou em Assembléia Geral, da qual participaram os Grão-Mestres de todos os Grandes Orientes filiados, a decisão de que é uma necessidade a modificação da atual situação e a única saída é: “CRESCER” . Tomou-se como meta, dobrar o quadro de obreiros em cinco ( 5 ) anos, considerando perfeitamente factível a taxa de 20% ao ano. Decorrido um ano dessa decisão no mês de junho do corrente ano, o nosso Grande Oriente não conseguiu atingir essa meta, e agora com a responsabilidade agravada pela condição de estarmos na direção, exercendo a Presidência da COMAB, não podemos deixar de perseguir e atingir a meta definida. Para tanto, lançamos, durante a Convenção Maçônica Estadual, realizada nos dias 12 e 13 do corrente mês, o “PROJETO M + 1”, ou seja, que cada mestre maçom assuma o compromisso de promover o ingresso de um profano dentro do atual prazo, não se distanciando, NUNCA, do dever de selecionar criteriosamente o candidato. Na certeza de que o Venerável Mestre, entendendo a importância do projeto, assim como a responsabilidade do nosso Grande Oriente perante os demais em razão de a Presidência da COMAB estar sob nossa jurisdição, se dedicará com afinco no comprometimento dos Mestres de sua Loja para a obtenção do pleno êxito do projeto, registramos o nosso abraço de reconhecimento por todo o esforço que desenvolver e pelos frutos que colher. Que o Grande Arquiteto do Universo a todos nós ilumine e guie. Fraternamente.
Grande Oriente do Estado de Mato Grosso
Emitido em 29/09/2022 14:50